O que são resoluções, e como organizá-las?

Essa é a segunda publicação de 2019, e confesso que não sei sobre o que escrever. É muito comum que as pessoas façam resoluções no início do ano na esperança de poder concluí-las no decorrer do ano. No geral, nunca fui muito de fazer resoluções anuais, pois tenho o hábito de criar metas mensais ou semanais! Como por exemplo, a meta deste mês é conseguir resolver alguns problemas financeiros da faculdade, e por aí vai.

Mas então, quero escrever um pouco sobre algumas decisões que precisam ser tomadas para o ano de 2019, seja por desejo próprio ou por necessidade. Eu costumo pensar que as resoluções se dividem em duas fases: as de curto prazo e as de longo prazo.

As resoluções a curto prazo podem ser descritas como coisas simples que você pode resolver em dias, semanas ou alguns meses, sem ir mais além disso. O exemplo da faculdade que mencionei acima se encaixaria perfeitamente neste ponto.

As resoluções a longo prazo são um pouco mais complexas de serem concluídas, pois requerem tempo e dedicação. Diferentemente das resoluções a curto prazo, esta quase não possui um fim. É um processo que se aperfeiçoa a cada dia. Estas resoluções, ainda que muito complexas, são pequenos fragmentos de um objetivo final.

O que quero dizer com 'objetivo final'?

Essa é uma pergunta um tanto auto-explicativa, porém alguns pontos precisam ser expostos. O objetivo final está relacionado à um plano de vida que você deseja alcançar para se sentir satisfeito e realizado consigo mesmo. É a nossa linha de chegada. É onde queremos estar daqui a 30 anos. O nosso objetivo final deve estar sub-dividido em pequenas resoluções — então assim, pouco a pouco, obteremos êxito em nossa corrida pela vida.

As minhas resoluções de vida. Em 30 anos pretendo estar casado, criando meus filhos juntamente com minha amada esposa e vivendo uma vida em conformidade com os desígnios de Deus. No tocante à carreira, espero ser bom no que faço e ter alguns anos de experiência na área de Tecnologia da Informação, afim de conseguir sustento financeiro à minha família.

Também oro para que a Missão Vinde esteja em conformidade com os planos de Deus, para que assim, através do ministério, Ele me use para abençoar a vida de muitos.

Agora, tendo isso em mente, preciso criar pequenas resoluções anuais para obter o meu resultado final.

1. Para que eu possa estar vivo daqui a 30 anos, é imprescindivelmente necessário que eu cuide da minha saúde, bem como praticar exercícios e manter uma alimentação saudável. Recentemente fiz um investimento à minha saúde adquirindo uma bicicleta para ir ao trabalho e passeios semanais.

2. Casar e ter filhos sempre foi o objetivo secundário da minha vida. Nas câmaras secretas do coração de todo homem habita o desejo de ser pai. Esta resolução se resume em ser um bom homem hoje, para que eu possa dar o exemplo aos meus filhos amanhã.

3. Ter uma vida de conformidade com os desígnios de Deus só é possível mantendo uma rotina de fé e leitura das Escrituras Sagradas. Jesus é o Senhor da Vida, e somente Ele pode nos ensinar como viver de forma agradável à Deus. O maior erro da sociedade é ter homens e mulheres como exemplos a serem seguidos. Deus diz, "Maldito o homem que confia no homem..." Jeremias 17:5, no verso 7 Ele complementa, "Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja confiança é o Senhor."

Continua...
Escrito em 05 de fevereiro 2019, noite.